e-Learning

Projeto "e-assessment in Vocational Education and Training” reúne em Atenas

09/11/2021
Projeto "e-assessment in Vocational Education and Training” reúne em Atenas

Ana Dias e Manuela Neves (TecMinho) participaram, em Atenas, na segunda reunião transnacional do projeto europeu “e-Assessment: e-Avaliação no Ensino e Formação Profissional”, que visa explorar as soluções de avaliação online disponíveis para o ensino e formação profissional orientadas a professores e formadores.


O projeto e-Assessment visa apoiar professores e formadores de Ensino e Formação Profissional (EFP) na utilização da avaliação eletrónica com formandos do ensino profissional, fornecendo orientações, ferramentas, melhores práticas e acesso a uma comunidade em linha. Irá, assim, centrar-se em dois setores, Construção e Serviços (hospitalidade e assistência social), que, de acordo com o Panorama de Competências do CEDEFOP, têm um elevado potencial de crescimento futuro do emprego entre os países parceiros.


O projeto visa alargar a área 4 (Avaliação) do Quadro DigiCompEdu, definindo novas declarações de competências para professores e formadores de EFP e explorar o potencial de diferentes ferramentas e métodos de avaliação eletrónica. Irá desenvolver um conjunto de ferramentas para professores/formadores de EFP que analisam diferentes ferramentas de avaliação, fornecendo exemplos de melhores práticas de avaliação digital no EFP e orientações para apoiar os formadores na transição da avaliação baseada em tarefas “estreitas” para a utilização de abordagens de avaliação autênticas e holísticas e incluirá seis cenários de avaliação para diferentes situações na formação e no local de trabalho EFP (construção e serviços), utilizando ferramentas digitais e abordagens autênticas/holísticas.


Um curso MOOC (Curso Online Massivo) estará aberto a participantes em todos os países, bem como uma plataforma online para apoiar uma Comunidade de Prática em Avaliação Digital no EFP. Finalmente, o projeto produzirá um relatório com recomendações para organizações envolvidas no desenvolvimento e formação de professores em EFP.


A reunião em Atenas foi muito rica, tendo sido organizada pela ACP - Active Citizen Partnership em cooperação com o coordenador do projeto, Pontydysgu (Reino Unido). Este foi curiosamente o último projeto Erasmus+ aprovado na Agência Nacional do Reino Unido, que, devido ao Brexit, deixará de participar nestas iniciativas. Na reunião participaram os parceiros da Bélgica, Lituânia e Alemanha. Os parceiros representam Escolas e Centros de Formação Profissional e empresas com larga experiência em e-learning.



A importância da avaliação online no contexto da pedagogia


A avaliação é central para a motivação dos aprendentes, assim como para a acreditação. A introdução de diferentes sistemas de avaliação tem um grande impacto nos processos de educação e formação. Nos últimos anos, surgiu um novo paradigma pedagógico que coloca o aprendente como tema central na construção da sua própria aprendizagem. Ao mesmo tempo, há uma tendência crescente de empregadores que recrutam novo pessoal com base em aptidões e competências, em vez de apenas qualificações. E este período tem assistido ao uso crescente da tecnologia para o ensino e a aprendizagem.


As possibilidades oferecidas pelos dispositivos digitais, ferramentas e aplicações, aumentam as oportunidades para a implementação da avaliação da aprendizagem que vai ao encontro das necessidades dos aprendentes. As tecnologias digitais também permitem o acesso a algumas das competências e disposições difíceis de descrever, ou medir, que estão na base do ensino profissional. Estes atributos "invisíveis" contribuem para que os aprendentes "se tornem" (ou seja, obtenham uma identidade profissional) à medida que avançam na construção do seu perfil pessoal de conhecimentos, aptidões e competências.


Embora a investigação ainda esteja em curso, parece que o setor do Ensino e Formação Profissional teve mais problemas do que o Ensino Superior e as Escolas na transição para o digital, em resposta à crise da Covid 19 (ver, por exemplo, Jisc - Learner Digital Experience Insight Service). As evidências sugerem que a ação foi desigual, com algumas instituições e professores a abraçar as novas tecnologias para aprender com outras instituições e professores/formadores a lutar contra as tecnologias. No Reino Unido, o JISC estabeleceu cinco metas para os próximos cinco anos para progredir na avaliação no sentido de ser mais autêntico, acessível, apropriadamente automatizado, contínuo e seguro. O governo do País de Gales anunciou que passará à avaliação eletrónica para todos os programas de educação e formação. 


Muitas avaliações da aprendizagem têm sido tradicionalmente sumativas - para testar o que os estudantes sabem e podem fazer no meio ou no final de um curso. A avaliação sumativa é normalmente exigida para a atribuição de notas ou certificados. No entanto, a investigação sugere que uma avaliação mais formativa concebida para fornecer feedback aos estudantes é importante para apoiar a sua aprendizagem, especialmente no ensino e formação profissional. A utilização da tecnologia pode reduzir a carga de trabalho para professores e formadores e fornecer cada vez mais feedback automatizado aos alunos. As tecnologias digitais podem contribuir para o acompanhamento direto do progresso dos alunos, para facilitar o feedback e para permitir aos educadores avaliar e adaptar as suas estratégias de ensino. A Avaliação Digital é importante para fornecer feedback formativo e permite aos professores uma avaliação da compreensão e envolvimento dos alunos, ajudando-os a concentrarem-se no apoio aos alunos com temas que estes podem não compreender facilmente. 


O Conselho Conjunto de Investigação da UE incluiu a avaliação como uma das áreas-chave de competência dos professores no seu Quadro DigiCompEdu. Os professores, diz o Conselho, precisam de ser competentes na utilização de tecnologias digitais para avaliação formativa e sumativa, na análise de provas e no fornecimento de feedback e planeamento. Contudo, as provas do projeto Taccle VET (Erasmus+) revelam que a e-Assessment é uma área em que os professores de EFP estão menos confiantes. 


Logótipo do co-financiamento pelo Erasmus+

Este site utiliza cookies

Usamos cookies para melhorar a experiência dos nossos utilizadores e medir o desempenho dos conteúdos.