PT EN
 
 
 
       
 
Transferência de Tecnologia
Android app on Google Play
Android app on Google Play
Facts & Figures
A Universidade do Minho, fundada em 1973, iniciou a sua atividade académica em 1975/76. Atualmente é reconhecida pela qualidade do seu ensino, dos seus estudantes, e pela sua intervenção e forte ligação com a comunidade local e com a região.

A Universidade do Minho tem uma população de 15.000 estudantes dos quais 2.000 são de pós-graduação (900 de Doutoramento). É a segunda universidade portuguesa com o maior rácio de estudantes de pós-graduação e a terceira na admissão de estudantes, sendo a universidade portuguesa com maiores taxas de conclusão do ensino superior: 77%. Um grande número de alunos graduados estão a trabalhar em todas as partes do mundo desenvolvendo carreiras de sucesso. A universidade tem 1.000 professores dos quais 816 têm Doutoramento e 250 são especialistas convidados, e 600 funcionários constituem o seu corpo administrativo.

Um grande número de centros de recursos em conhecimento e repositórios documentais estão disponíveis para os investigadores. A Universidade do Minho tem uma Biblioteca Clássica com 400.000 volumes com livros do século XV ao início do século XX. Outros 600.000 livros estão disponíveis nas Bibliotecas Modernas, que podem ser usadas por professores e estudantes. Uma Biblioteca Digital B-on fornece o acesso a mais de 5.000 revistas científicas internacionais.

A Universidade está situada na região Norte de Portugal, uma região com uma tradição extremamente forte de empresas muito dinâmicas, essencialmente de pequenos e médios negócios. A Universidade do Minho está situada na confluência de 4 cidades (Braga, Guimarães, Famalicão e Barcelos) estando ligada a mais 3 cidades circundantes, com uma população que supera 1 milhão de habitantes concentrados numa área de 20 km quadrados. A Universidade tem dois campis a uma distância de 20 km: um em Braga e outro em Guimarães.

 
Autenticação
Utilizador:
Password:
 
Novo registo
Recuperar Password
 
Acesso a Plataformas
 
Newsletter TecMinho
 
TecMinho no Twitter